Segundo o Mapa da Violência 2013, a cada três pessoas assassinadas no Brasil, duas tratam-se de jovens negros entre 15 e 24 anos. Só no ano de 2013, a quantidade de jovens negros mortos no país somou mais de 38 mil. A construção do estado brasileiro se dá de forma racista, com a juventude negra encarcerada e morta por uma polícia mal preparada e genocida, que se utiliza da guerra às drogas para, na verdade, criminalizar a pobreza. Para além disso, a juventude negra é, ainda, marginalizada pela pobreza que lhes nega o pleno acesso a direitos e oportunidades.

Contra isso protestavam militantes do Levante Popular da Juventude hoje pela manhã na Governadoria do Estado, no Centro Administrativo da Bahia, detidos de maneira arbitrária pelo braço armado do estado. Relatos contam que os jovens foram truculentamente abordados pelos policiais, sendo constrangidos, fisicamente agredidos e ameaçados por policiais armados como que para a guerra. Tal operação trata-se de uma criminosa agressão ao direito constitucional à livre manifestação, excessiva e completamente desproporcional.

Os movimentos sociais são marcos da nossa democracia e sua criminalização ataca diretamente essa mesma democracia. Não aceitaremos dar um passo atrás nos direitos obtidos com muita luta e garantidos pela Constituição Federal. Os movimentos sociais são demonizados pela direita brasileira, que se utiliza da mídia para acusa-los de violentos e baderneiros, numa tentativa de colocar contra eles a sociedade.

A juventude organizada para o combate contra as injustas opressões do sistema capitalista não pode ser encarcerada por fazê-lo. Não admitimos recuo nos direitos à livre manifestação na nossa sociedade democrática de direito. Não aceitamos a criminalização dos movimentos sociais e, para tal, exigimos a soltura dos jovens militantes duramente atacados no CAB. Toda solidariedade aos jovens envolvidos e ao Levante Popular da Juventude.

Coletivo Quilombo

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s